Programas abrem vagas para voluntários

O Programa de Voluntariado da PUC Goiás está com inscrições abertas para o primeiro semestre de 2021, que podem ser feitas no SOL, no site da PUC Goiás. O acadêmico pode se inscrever para os diversos Programas de Extensão ligados à Coordenação de Extensão, desde os grupos de Criação e Produção da Coordenação de Arte e Cultura até os projetos ligados ao Instituto Dom Fernando. O prazo para inscrição é até 2 de março.

Os estudantes selecionados passam por formação geral e específica em regime remoto, com datas que serão marcadas pelas coordenações e institutos escolhidos. Os termos de voluntariado serão assinados até 31 de março, quando começam as atividades voltadas para a comunidade.  A participação nos programas será certificada com 60 horas complementares, conforme registro de frequência. Mais informações pelo fone: 3946-1060.

Programas disponíveis

Instituto do Trópico Subúmido

Promove diálogos e práticas nas áreas entre as quais: ocupação do bioma, socioambiental, de planejamento urbano-ambiental e de economia solidária; produção e divulgação de conhecimento e de políticas públicas; desenvolvimento da cidadania plena e à conscientização ambiental e o relacionamento da sociedade com a natureza.

Coordenação de Arte e Cultura

Os Grupos de Criação e Produção são programas que promovem a criação, produção, montagem e apresentação de obras artísticas, com grupos de alunos da CAC, oriundos das oficinas e, esporadicamente, com artistas da comunidade. Desenvolvem projetos que disponibilizam a comunidade de forma gratuitamente. Estruturados pelas seguintes linguagens artísticas: Coral, Dança e Teatro.

Coordenação de Extensão

Equipe de comunicação

• Produção: direção de arte com a criação de materiais gráficos e audiovisuais, campanhas publicitárias mensais para os programas de extensão e dos principais eventos relacionados à CDEX.
• Assessoria de comunicação: clippings, releases, coberturas fotográficas, mailings, relacionamentos com mídias externas, gestão de mídias digitais.

Programa de Direitos Humanos

Contempla projetos e atividades com temáticas em Direitos Humanos, com destaque para as relacionadas às questões da mulher, da cultura afro-brasileira e da educação e cidadania. Sua atuação percorre os seguintes eixos: Comunicação e Direitos Humanos, Educação e Direitos Humanos, Políticas Públicas em Direitos Humanos.

Programa de Gerontologia Social

Contempla temáticas vinculadas diretamente à Gerontologia. É composto por diferentes projetos voltados para as questões dos idosos, entre eles, a Universidade Aberta à Terceira Idade – UNATI.

Programa em Nome da Vida

Possui atuação direta em diferentes projetos e ações que incidem sobre temáticas: saúde e defesa da vida (Uso e dependência de drogas, Promoção à Saúde e Saúde da Família); Desenvolvimento do Sistema de Saúde; vulnerabilidade social; bem-estar e saúde; Políticas Públicas e Drogas.

Programa de Referência em Inclusão Social

Atua em diversos espaços sociais em defesa da efetivação e da promoção de direitos das pessoas com deficiência, transtornos de desenvolvimento, dificuldades de aprendizagem, altas habilidades/superdotação e necessidades educacionais específicas, visando à sua inclusão social e cidadania (Projeto Alfadown; Projeto Aprender a Pensar; Projeto PRIS na Comunidade, Projeto VER; Projeto de Desenvolvimento de Habilidades Cotidianas; Projeto Saúde e Políticas Públicas, entre outros).

Instituto Dom Fernando

O IDF atua em formação, pesquisas, eventos, assessorias e articulação com movimentos sociais e Políticas Públicas nas temáticas da infância, adolescência, juventude e família. Tem como princípio o trabalho colegiado de respeito à igualdade de direitos, à participação da população envolvida e à valorização dos Direitos Humanos.

Centro de Educação Comunitária de Meninas e Meninos – CECOM/Centro de Estudo, Pesquisa e Extensão Aldeia Juvenil – CEPAJ

São centros de formação socioeducativa e cultural destinado à promoção da cidadania e desenvolvimento de crianças, adolescentes, jovens e famílias em situação de vulnerabilidade social do Estado de Goiás. Sua atuação se dá na região noroeste e mendanha de Goiânia, bem como cidades circunvizinhas (Goianira, Inhumas e Trindade).

open

Site em fase de migração. Para acessar páginas antigas,   clique aqui