Reunião articula iniciativas de inovação em Goiás

Criar políticas públicas voltadas para a inovação em Goiás. Este foi o principal objetivo da reunião do Ecossistema de Inovação do Estado, que se reuniu nesta sexta-feira, 15, no Centro Tecnológico Samambaia da Universidade Federal de Goiás. Formada pelas principais instituições de ensino superior do estado, pelo Sebrae e pelo governo do estado de Goiás, a iniciativa agregará esforços no sentido de viabilizar um projeto de inovação para o estado.

O evento foi marcado pela palestra do professor Jorge Luiz Nicolas Audy, da PUC do Rio Grande do Sul, que compartilhou a experiência coletiva das instituições no estado. Iniciada em 2019, o INOVA RS é um programa que visa incluir o Rio Grande do Sul no mapa global da inovação a partir da construção de parcerias estratégicas entre a sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental.

O trabalho será realizado pelas universidades federal, PUC Goiás, UniEvangélica, UniRV, IFG, IF-Goiano, Universidade Estado UFCAT e UFJ e também as instituições SEBRAE, SEDI Goiás e FAPEG. Segundo a professora Milca Severino, pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, que representou o reitor no evento, será realizado um plano estratégico de trabalho para 2021. “Vamos fortalecer ações realizações inovações nas diferenças possibilidades para o estado de Goiás”, afirmou Milca, que participou acompanhada do chefe de gabinete, professor Lorenzo Lago.

O processo já foi iniciado pela Universidade Federal de Goiás, que irá coordenar a agenda. O professor Jorge mostrou, nas palestras, a importância das universidade ao citar que oito das dez maiores empresas do mundo foram fundadas dentro da universidade em processos de inovação e incubação. É o caso do Google e da Apple. “Só avançamos na inovação quando avançamos na educação”, falou o professor Jorge.

open

Site em fase de migração. Para acessar páginas antigas,   clique aqui