Pesquisa revelará impactos da pandemia em idosos

Conhecer os impactos da pandemia do novo coronavírus na população 60+ é o desafio assumido pelo Programa de Gerontologia Social da PUC Goiás. Voluntários, coordenados pelas professoras Lisa Valéria Torres e Ráquia Rabelo, vão realizar neste semestre pesquisa para mapear as mudanças nos hábitos diários, na capacidade física de realizar atividade rotineiras, entre outros, nos idosos inscritos no programa.

Segundo a coordenadora do PGS, professora Lisa Valéria, a escolha do público 60 + foi por causa da vulnerabilidade deles à Covid-19 e também ao isolamento social. “A pandemia nos desafiou a pensar e agir de forma coletiva , mesmo distantes fisicamente e socialmente . Em momentos de crise como essa é fundamental o exercício da consciência sobre o outro”, explica.

O objetivo da pesquisa é verificar as implicações deste contexto da vida dos nossos alunos , nos vários aspectos da vida deles : saúde mental , física e emocional , assim como suas implicações no cotidiano. “Isso poderá trazer considerações para uma reflexão sobre políticas públicas , um redesenho para discutir a saúde integral desta população além de sinalizar ações que poderemos realizar para promoção de um envelhecimento ativo”, afirmou a coordenadora.

Os voluntários serão qualificados para poderem realizar a coleta de dados e também receberam orientações éticas na condução da pesquisa. Em encontros semanais, iniciados na última semana na Plataforma Microsoft Teams, os acadêmicos que se voluntariaram para o programa serão habilitados para aplicar os questionários nos alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade e nos participantes do projeto Amor.

A pesquisa também envolve professores de outras universidades e colaboradores externos, que irão ministrar aulas sobre fundamentos do método científico aplicado às pesquisas gerontológicas. O PGS conta atualmente com 94 voluntários.
Para aplicar o questionário, serão realizadas ligações telefônicas ou contatos on-line para conversar sobre as implicações da Covid-19 no cotidiano dos idosos.

A Universidade Aberta a Terceira Idade da PUC Goiás readaptou suas ações desde março, para dar continuidade à proposta de mantê-los ativos. Atualmente, dos 310 alunos matriculados, 279 participam de encontros semanais com professores da Unati. São oferecidas 11 disciplinas, como línguas estrangeiras, danças circular nas cadeiras e outras.

Site em fase de migração. Para acessar páginas antigas,   clique aqui