Fapeg lança sétima edição do PPSUS

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) lançou a 7ª edição do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS), na última semana. O programa é um convite aos pesquisadores doutores em Goiás, entre eles os da PUC Goiás, a apresentarem projetos inovadores de pesquisa científica e tecnológica que possam promover a melhoria da qualidade de atendimento à população no contexto do Sistema Único de Saúde (SUS).

As propostas devem ser submetidas até o dia 11 de outubro nas plataformas do Sistema de Informação de Ciência e Tecnologia em Saúde (SISC&T), no endereço http://sisct.saude.gov.br/sisct e na plataforma OPP-Fapeg. O programa é realizado por meio da parceria entre a Fapeg e Secretaria de Estado da Saúde, com o Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O presidente da Fapeg, Robson Vieira, destaca a importância do PPSUS por “estimular a academia a realizar pesquisa aplicada à saúde, o que fortalece a política pública na área e principalmente a qualidade do atendimento à população que depende do SUS”. Para fomentar os projetos serão investidos R$ 2,25 milhões, sendo R$ 1,5 milhão provenientes do Decit/SCTIE/MS a serem repassados por meio do CNPq e R$ 750 mil da Fapeg,/Tesouro do Estado de Goiás.

Cada projeto receberá um valor máximo de R$ 150 mil, devendo também atender, obrigatoriamente, a proporção máxima de até 20% do valor do projeto para itens de capital. O prazo para execução dos projetos será de 24 meses. A submissão de propostas segue até dia 11 de outubro, por meio eletrônico. O prazo para divulgação final do resultado está previsto para 18 de fevereiro de 2021.

open

Site em fase de migração. Para acessar páginas antigas,   clique aqui