Engenharia de Controle e Automação

Bacharelado

Engenharia de Controle e Automação

Bacharelado

Considerada como uma profissão do presente e do futuro, o curso de Engenharia de Controle e Automação da PUC está alinhado com tudo que há de mais moderno quando o assunto é tecnologia. Tem a missão de formar os profissionais responsáveis pelos processos de automação, além de trazer as novidades que impactam no dia a dia das pessoas. Dessa forma, a Robótica vem trazendo soluções para a área da Saúde e fornece diversas ferramentas que interferem diretamente na economia, reinventando a forma como a sociedade produz e consome bens e serviços. O curso forma profissionais críticos e éticos e recruta estudantes que gostem de trabalhar em equipe e tenham afinidades com cálculos em geral. Se você se identifica com esse universo, seu lugar é aqui! É oferecido na modalidade bacharelado, podendo ser presencial ou semipresencial.

Infraestrutura

Um parque tecnológico todinho ao seu alcance, que permite um contato com as diversas faces da Robótica. Nos laboratórios do curso, os acadêmicos colocam em prática conhecimentos sobre fontes alternativas de energia, prototipagem, impressoras 3D, automação industrial, máquinas e instalações elétricas, instrumentação industrial, sistemas digitais, entre outros. Todos esses espaços de aprendizagem compõem a Escola Politécnica da instituição, que oferece mais de 30 laboratórios para todos os seus cursos.

Carreiras

O engenheiro de controle e automação pode atuar nas áreas de processos industriais, comerciais e residenciais. Para os interessados na área, a boa notícia é que as demandas na área da tecnologia não param. A área de pesquisa também é promissora e envolve temas que investigam desde a qualidade de energia a sistemas automatizados. Empreendedorismo e carreira docente são outras possibilidades de trabalho neste ramo.

Pesquisa

Braço robótico, humanoide, impressora de chocolate… Todas essas invenções são frutos de pesquisas desenvolvidas dentro do próprio curso. A produção de conhecimento aplicável e que possa impactar e melhorar a vida das pessoas é um dos focos da pesquisa dentro da Mecatrônica, notável nos trabalhos de conclusão de curso e pesquisas da Iniciação Científica orientadas pelo corpo docente. O mais interessante é que muitos desses trabalhos migraram para o Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas (Mepros), também oferecido pela universidade, permitindo assim uma ponte com a pós-graduação.

Extensão

Outras atividades que extrapolam a sala de aula é a atuação do estudante em liga acadêmica, ações de extensão que possibilitam um contato com a comunidade. Vale destacar que o curso criou a primeira liga da Escola Politécnica, denominada LAECA: Liga Acadêmica de Engenharia de Controle e Automação. Ela tem o compromisso de trabalhar no desenvolvimento de projetos e atividades de cunho social e científico. Por meio dessa atividade, os acadêmicos levam oficinas/ stands em escolas e realizam projetos na área da Robótica, como a construção de impressoras 3D, máquinas de controle numérico computadorizado (CNC), dentre outras atividades, assim como a realização de minicursos, palestras e seminários. Essa atuação traz um grande diferencial para a formação do aluno, pois permite o desenvolvimento de habilidades, como a capacidade de trabalhar em equipe e a resolução de problemas, além de ser um berço para temas de TCC e Iniciação Científica, que trazem um diferencial para o currículo do estudante.

Metodologia

Estimular a autonomia do estudante com experimentos para aprofundar a teoria aprendida nas disciplinas é um diferencial do curso. Uma das iniciativas que mobilizam os estudantes é o Desafio Mecatrônico, competição de robótica na qual os participantes produzem robôs, além de cuidarem da logística e programação para cumprir a meta dada. A Engenharia de Controle e Automação também tem parceria com outros cursos de graduação da universidade. O curso de Ciências Aeronáuticas, por exemplo, contou com a ajuda do corpo docente e discente da Mecatrônica, que auxiliou na produção de simulador de voo, essencial para a prática laboratorial dos estudantes desse curso. Softwares de simulação para elaboração de projetos também são utilizados nas atividades.

Inovação e Empreendedorismo

O curso conta com a Empresa Júnior Argos. Essa atividade é importante, porque traz benefícios para a empresa que contrata o serviço, para os estudantes e para a própria universidade. Ela foi a primeira iniciativa da área da Escola Politécnica e já traz frutos para o curso: em 2018 a Argos recebeu reconhecimento nacional, concedido pela Empresa Júnior Brasil, sendo considerada de alto desempenho. Vale destacar que a Mecatrônica tem uma estreita relação com o Núcleo de Inovação Tecnológica da instituição (NIT), que traz projetos e novidades todos os semestres na área de tecnologia.

Estágio

O estágio é etapa integrante da graduação em engenharia, sendo composto de 300 horas de trabalho de campo, em áreas afins do curso e 60 horas em uma disciplina, recebendo a denominação de Estágio Obrigatório, que pode ser realizado a partir do quinto período do curso. Em qualquer período, o aluno pode realizar o Estágio Não Obrigatório, desde que seja em uma área afim. Conforme a Lei de estágio 11.788, de 25 de setembro de 2008, o Estágio Obrigatório pode ser Não remunerado e o Não Obrigatório, sempre remunerado.

Monitoria

A Monitoria é parte integrante do processo de ensino e aprendizagem, inserida no projeto de formação do aluno, em meio à contribuição que esse aluno oferece ao projeto de formação dos demais. No Programa de Monitoria, o aluno da graduação tem a oportunidade de aprofundar sua experiência como estudante, em um processo acadêmico e também educativo. A cada semestre é aberto edital para seleção de monitores nas modalidades com bolsa e sem bolsa limitada às disciplinas do curso.

Trabalho de Conclusão de Curso

O artigo 7° da Resolução CNE/CES de 11/03/2002, em seu parágrafo único, estabelece que é “obrigatório o trabalho final de curso como atividade de síntese e integração de conhecimento.”

Assim sendo, a proposta curricular do Curso prevê a realização, pelo aluno, de um Trabalho Final de Curso. Neste sentido, ele terá que desenvolver um trabalho de pesquisa, prático ou teórico, que resulte em uma produção escrita que deverá ser defendida perante uma banca examinadora como requisito para obtenção do título de bacharel. Este trabalho poderá ser realizado mediante estudos dissertativos, de construção de modelos científicos, de protótipos de aplicação de novas tecnologias, de projetos interdisciplinares, de participação em projetos de iniciação científica e outros aprovados pelo Núcleo Docente Estruturante do Curso de Engenharia de Controle e Automação.

O trabalho desenvolvido em 2 (duas) disciplinas – Trabalho Final de Curso I e Trabalho Final de Curso II, cada uma com 4 créditos – 60 horas, com dois encontros semanais, deve ser executado, preferencialmente, por equipes de 4 ou 5 discentes.

Os discentes são orientados, acompanhados e avaliados, periodicamente, pelos professores orientadores das disciplinas. Ao término da disciplina Trabalho Final de Curso II, o grupo deve apresentar o estudo realizado, a uma banca avaliadora, conforme regulamento próprio.

Sempre que possível, sugere-se que o trabalho seja apresentado em eventos nacionais na área de Engenharia de Controle e Automação e/ou publicado em revistas especializadas.

Na PUC Goiás, o Trabalho Final de Curso segue o Regulamento Geral dos Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação – Série Legislação e Normas 16 aprovado pela Resolução N. 009/2011 – CEPEA, de 16/11/2011.

Modalidade

Presencial

Duração

10 semestres

TURNO

Matutino

Portaria MEC

Nº 110 de 04/02/2021

Localização

Escola Politécnica, Câmpus I, Praça Universitária, Áreas 2 e 3, Setor Universitário, Goiânia, Goiás.

Mensalidade

R$ 1.039,65*

*Valor referente aos 22 créditos obrigatórios para as disciplinas apenas no 1º semestre para quem ingressar via Vestibular. Para saber mais sobre créditos e política de reajuste, clique aqui.

Avaliações do curso
Enade 2019
MEC 2019

*Notas aplicadas em uma escala de 1 a 5

Como é o curso de Engenharia de Controle e Automação na PUC?

Matriz Curricular

A Matriz Curricular especifica disciplinas e cargas horárias do curso de Engenharia de Controle e Automação.

Iniciação Científica

Uma modalidade de pesquisa acadêmica desenvolvida por alunos de graduação.

Nossos professores

Conheça a equipe docente, altamente qualificada para te proporcionar a melhor formação.

Prazer, sou o

Prof. Dr. Wanderson Rainer Hilário de Araújo

Coordenador do curso de Engenharia de Controle e Automação