DIREITO - Graduação
Voltar
O Curso

 - Ato de Reconhecimento

Dec. MEC 56283 de 13 de maio de 1965
 
 
- O Curso

O curso de Direito desenvolve-se sob várias perspectivas, propiciando opções variadas de trabalho na advocacia, na magistratura, no Ministério Público, nas procuradorias, nas assessorias jurídicas de instituições públicas ou privadas e no ensino superior. É característica do curso da PUC Goiás a busca constante de atualização e qualidade, em uma das graduações mais procuradas no estado de Goiás. A formação prática do curso de Direito da PUC Goiás é realizada no Núcleo de Prática Jurídica - NPJ, em duas vertentes: o estágio de Prática Jurídica e a Monografia Jurídica. O estágio propicia oportunidades de real vivência e aplicação dos ensinamentos teóricos no campo concreto. A monografia é componente curricular importante na formação crítica do profissional do Direito.
 


 - Objetivos

O curso de graduação em Direito tem como objetivo assegurar, ao graduando, uma sólida formação geral, humanística e axiologia, capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica, adequada argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais, aliada a uma postura reflexiva e de visão crítica que fomente a capacidade e a aptidão para a aprendizagem autônoma e dinâmica, indispensável ao exercício da Ciência do Direito, da prestação da justiça e do desenvolvimento da cidadania.
 

- A Profissão

O Curso de Direito desenvolve-se sob várias perspectivas, propiciando àquele que o realiza opções variadas de trabalho na advocacia, na magistratura, no ministério público, nas procuradorias, nas assessorias jurídicas de instituições públicas ou privadas e no magistério superior. O curso de Direito da PUC Goiás notabiliza-se pela busca constante de atualização e de qualidade. Esse é um dos curso mais procurados no Estado de Goiás.
 

- Estrutura do Curso

Duração: 10 semestres
Turnos: Matutino, Vespertino, Noturno
 


- Valor das Mensalidades

A Pontifícia Universidade Católica de Goiás adota o sistema de crédito na sua modalidade de ensino e também para o cálculo das mensalidades. O valor do crédito no Curso de Direito a ser praticado em 2012 é de R$ 221,93 este valor é multiplicado pelo número de créditos em que o aluno se matricula e dividido em 6 parcelas.

Valor 1º período: R$ 887,72 (24 créditos)
 
 
 
- Critérios de Avaliação

Qualquer atividade humana exige avaliação, supervisão, acompanhamento. Deles depende a eficácia do projeto ou programa, proposta ou aplicação de uma lei. O currículo também como um projeto/processo/instrumento exige ser avaliado nas suas proposições/metas e estratégias de implantação e implementação, como nas suas etapas, nas suas metodologias e sobretudo nos seus resultados. De forma cotidiana e ou de forma mensal, semestral. De forma parcial e também na sua totalidade. No que tem de específico conhecimentos construídos, ou a construir, metodologia a renovar e ou a inovar, atividades intra e extra-classe, realizadas ou a realizar, e sobretudo os objetivos que os engajam e orientam a todos. No que tem de relacional, o diálogo entre o sujeito e o objeto, e do mediador da relação sujeito-objeto na construção produção, do conhecimento, na atualização deste conhecimento e da realidade estudada.
No que tem de processual, a passagem do sujeito imaturo a ser amadurecido na reflexão, no debate, no estudo, na pesquisa e no serviço à comunidade.
Processual na passagem de um simples currículo a um processo de aprendizagem consciente e crítica, construtivo e emancipador de relações sociais novas e de uma sociedade nova
Processual na passagem de uma geração ouvinte e repetidora para uma geração que tem voz de diálogo, com sotaque próprio, capaz de dar o tom, de escolher e de ter responsabilidade.
Processual enquanto consegue ver a horizontalidade (disciplinas do período) e a verticalidade (disciplinas fundamentais e profissionais) na transmissão/produção dos conhecimentos, integrando-os sob a forma multi e interdisciplinar.
Processual enquanto construindo individualidades isoladas, em personalidades participativas, construtivas e sólidas.
Os critérios básicos orientadores desta avaliação seriam: a assiduidade, a participação, a colegialidade (corpo docente), a relação teoria e prática, a correção de linguagem, a atualização constante e o pensamento crítico, e a interdisciplinaridade.
Desta forma esta avaliação dentro da linha epistemometodológica do currículo se caracterizará por ser:
Mais construtiva, ativadora do auto-conhecimento e de auto-condução, que dependente de um controle externo e autoritário;
Diagnostica detectando mais potencialidades, acertos, que amarrando-se ao quantitativo de erros, permitindo a superação deles na aquisição dos conhecimentos, de atitudes e domínio das técnicas na realização das atividades diferentes e seguindo tratamento especifico se necessário.
Diversificada nas suas formas de averiguar o aprendido, o ensinado, as abordagens possíveis e diversas de traduzir a compreensão do real, a expressão pessoal e grupal e a criação de procedimentos e tecnologias de demonstrar aprendizado continua e progressiva do crescimento através da superação eficiente dos erros, dos vazios e hiatos pelo estabelecimento de relações lógicas e processuais entre os fatos, através da superação das barreiras de compreensão científicas pela abordagem/atividade multi e interdisciplinar.
Teórico-prática sustentada no estudo e na reflexão do grupo, e que se oriente por uma concepção de educação e de direito orientadoras de sua prática.
Critica e dialógica que estabeleça o debate entre pares e não pares (hetero-avaliação) a reflexão sobre o próprio processo ensinar-educar e o próprio processo de aprender (auto-avaliação), a análise e a discussão do efeito do tratamento dos objetivos, dos conteúdos do desempenho das metodologias no desempenho e crescimento dos alunos enfim do currículo e do curso (avaliação qualitativa), o pretendido e o alcançado. o papel e o desempenho docente
Prognóstica, prevendo a cada etapa o que precisa ser mudado, corrigido, e fortalecido, e preparar as programações futuras.
Dentre a sistemática estabelecida pela Universidade o Departamento definirá em congregação ou no nível de áreas ou grupos de disciplinas, os momentos em que se processará a verificação.
Os instrumentos de avaliação e/ou de verificação (dos conhecimentos, atitudes, objetivos e atividades) poderão ser encontrados entre os de natureza individual (exercícios, folhas de observação, provas, fichamentos, resumos, sínteses, relatórios das disciplinas, comunicações, relatórios de visitas, de observações, de audiências, exposições, amostragem, etc.), até os de natureza grupal (júri simulado, trabalho de grupos supervisionado, painéis, exposições, grupos de estudo entre outros).
Na monografia especificamente a avaliação culminará na exposição do aluno frente a banca por ele escolhida. A organização dessa avaliação é atribuição da equipe das monografias, que define os momentos da avaliação, da atribuição de notas e da finalização dos trabalhos
No Estágio também se utilizará esquema especifico de avaliação e dentro da sistemática que o Departamento e a equipe de Estágio estabelecerem para a nova proposta.
A avaliação docente também é alvo da proposta. Ela será objeto também do Conselho de Professores e Alunos a ser criado e organizado pelo Departamento e que propicia a auto e a hetero-avaliação e com isso o crescimento da equipe.
 

 
- Resultado Obtido na Última Avaliação - ENADE

ENADE 2006
Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Goiânia/GO
Curso: Direito
Ano: 2006

Média da Formação Geral:
Ingressante: 54,1
Concluinte:50,1

Média do Componente Específico:
Ingressante: 30,5
Concluinte: 42,9

Média Geral:
Ingressante: 36,4
Concluinte: 44,7

ENADE - Conceito 1 a 5:
Resultado: 3

IDD - Índice -3 a 3
Resultado: -0,022

IDD - Conceito 1 a 5:
Resultado: 3


Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
 

 

 

 

 

Copyrights © 2014 Equipe Internet - Todos direitos reservados | Universidade Católica de Goiás - Brasil
Av. Universitária 1.440, Setor Universitário, Goiânia-GO, CEP: 74605-010, Fone/Fax: (62) 3946-1000/3946-1005