Goiânia, 24 de julho de 2014
Busca

Voltar
CULTURA
Centro de Artes Basileu França é destaque em Goiás

Piano, flauta, balé clássico, violão, sapateado e dança de salão são os cursos mais procurados

12/05/2010 15:54:12

Foto: Reprodução
Maria Emilia Bonfim- 5° período
 

No primeiro semestre de 2010, mais de 5 mil alunos foram matriculados no Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França. Os cursos mais procurados são de piano, flauta, balé clássico, violão, sapateado e dança de salão. O centro é mantido pelo governo estadual e está ligado à Secretaria de Educação Pedagógica, com uma equipe de 150 professores.

A instituição oferece diversos cursos nas áreas de artes plásticas, música, dança e teatro. O objetivo é formar gratuitamente artistas de qualidade em Goiânia, de diferentes classes econômicas, voltados para princípios éticos. A diretora do centro, Sônia Maria Araújo, explica que as aulas são procuradas por pessoas de todos os níveis econômicos, “principalmente da classe alta”, ressalta a diretora.

Apesar da recente reforma realizada no prédio da escola, a instituição enfrenta problemas, como a falta de laboratório para os cursos de artes. “Os cursos de pintura em madeira e painéis em cerâmica vitrificada são os mais prejudicados pela falta de laboratórios.”, explica Sônia Araújo.
 
História
Inicialmente chamado Escola de Artes Veiga Valle, o centro foi fundado no dia 23 de outubro de 1969 devido a um movimento nacional liderado pelo artista plástico Augusto Rodrigues. As professoras Edneia Jordão e Maria Castro Miranda tiveram papel fundamental na criação da instituição. Suas ideias foram levadas ao Departamento Estadual de Cultura (DEC).

O governador de Goiás na época, Otávio Lage, convidou a artista e educadora Cecy Curado, que estruturou a Escola de Artes do Brasil (RJ) para estruturar a escola goiana. Depois de várias mudanças de sede e reformas, hoje a instituição se chama Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França.
 
Copyrights © 2014 - Universidade Católica de Goiás - Todos direitos reservados.